Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias
Início do conteúdo da página

Leia mais...

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), localizado em São José dos Campos (SP), inaugurou, nesta sexta-feira (10/11), o novo prédio da Divisão de Ciências Fundamentais. A solenidade contou com a presença do Ministro da Educação, José Mendonça Filho, entre outras autoridades.

O evento celebra um dos principais pilares de sustentação do modelo acadêmico do ITA, o qual tem demonstrado eficácia ao longo de quase 70 anos de existência. São mais 16mil m² de área dedicados ao ensino, um prédio desenhado com um conceito sustentável, visando ao alto rendimento de recursos humanos.

Na ocasião, o ministro destacou o valor do ato simbólico da inauguração. "Isso demonstra o reconhecimento do ITA no país e no mundo, por suas contribuições com os avanços sociais e econômicos do Brasil", disse. O ministro ainda ratificou a manutenção dos investimentos nas obras de expansão do ITA e anunciou cerca de R$ 25 milhões para o próximo ano.

O Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira, ressaltou a importância dos investimentos nessa obra, que permitirá ampliar a formação de profissionais altamente qualificados, os quais contribuem com o desenvolvimento da do País e da Força Aérea.

De acordo com o Reitor do ITA, Anderson Ribeiro Correia, serão instalados diversos recursos no novo prédio. “Os laboratórios focarão no ensino da engenharia e nas pesquisas necessárias para geração de conhecimento nas novas fronteiras tecnológicas que incluem a nanotecnologia, semicondutores, engenharia espacial, plasmas, inovação e robótica”, destacou.

Leia matéria especial sobre a expansão do ITA na revista Aerovisão de outubro.

Fonte: Agência Força Aérea/ITA

Publicado em: 16/11/2017

 

Leia mais...

O Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) realizou, na manhã desta quarta-feira, 01 de novembro, em São José dos Campos (SP), a cerimônia militar em homenagem ao Dia da Engenharia da Aeronáutica, comemorado no dia 28 de outubro – data alusiva ao aniversário de nascimento do Marechal-do-Ar Casimiro Montenegro Filho, idealizador do então Centro Técnico Aeroespacial (CTA) e patrono da Engenharia da Aeronáutica.

A ordem do dia, assinada pelo Major-Brigadeiro Engenheiro Fernando Cesar Pereira Santos, Vice-Diretor do DCTA, destacou a importância da engenharia para as transformações que ocorrem na sociedade. “Observam-se realizações que avançam sobre as mais diversas áreas tecnológicas, incluindo construções, mobilidade, comunicações, dentre tantas outras, trazendo profundas mudanças para a humanidade”, afirma o Major-Brigadeiro Fernando.

A solenidade presidida pelo Comandante do Comando-Geral de Apoio, Paulo João Cury, homenageou alguns dos Oficiais-Generais do quadro de Engenharia da Aeronáutica que atingiram o mais alto posto em sua carreira militar, dentre eles, o Major-Brigadeiro Engenheiro Marco Aurélio Syrio, ex-diretor da antiga Diretoria de Engenharia da Aeronáutica (DIRENG).

O desfile da tropa, contou com a presença dos alunos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e de um grupamento com cerca de 100 militares engenheiros do DCTA, que desfilaram em homenagem ao Oficial-General mais antigo da Força Aérea Brasileira (FAB).

 

Fonte: Ten Larissa/DCTA - Fotos: Sgt Petherson

Publicado em: 01/11/2017

Leia mais...

A Força Aérea Brasileira (FAB) participou, na última quarta-feira (18/10), da palestra "O Programa Espacial Brasileiro e os caminhos críticos para o seu sucesso", realizada na sede da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em Brasília (DF). O palestrante foi o Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira, que falou sobre a importância do tema no futuro do Brasil.

“O que buscamos transmitir foi apresentar o Programa Espacial como um todo: caminhos críticos, problemas enfrentados para atingirmos todos os objetivos desde o início do Programa, em 1961, e os caminhos que entendemos que temos de seguir para resolver esses óbices. O que é interessante é que esses problemas não são apenas tecnológicos - embora também sejam. Em termos de tecnologia, é sempre uma questão de aplicar recursos para que eles sejam superados. O maior problema que nós temos hoje - o que deixamos muito claro para essa plateia, que são formadores de opinião - é uma questão de gestão descentralizada. A ideia é corrigir esta falha e sanar os demais problemas em busca de nossos objetivos”, explicou o Tenente-Brigadeiro Amaral.

À frente do DCTA desde janeiro deste ano, o Tenente-Brigadeiro Amaral acumula aproximadamente 3 mil horas de voo e já ocupou cargos como o de presidente da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC); comandante da Academia da Força Aérea (AFA); e vice-diretor do Departamento de Ensino da Aeronáutica. Durante o evento, ele abordou os principais fatos históricos do Brasil no âmbito aeroespacial, desde os primeiros passos, na década de 1960, até os dias atuais. Além disso, os principais desafios da área e possíveis soluções a serem implantadas no futuro também foram tema de debate.

O estudante de engenharia aeroespacial da Universidade de Brasília (UnB), Daniel Sampaio Santos Moreira, esteve presente na palestra e elogiou o conteúdo abordado. “Foi muito amplo, abarcou tanto a questão não técnica, as questões da governança, do que foi aprendido com todos os anos de gestão do governo, como a parte técnica: alguns desafios tecnológicos que nós, como estudantes, devemos desenvolver nos próximos anos para embarcar na indústria aeroespacial”, afirmou.

Pela Estratégia Nacional de Defesa, a Força Aérea Brasileira é responsável por capitanear, no âmbito do Ministério da Defesa, ações e projetos para o desenvolvimento da área espacial no País. O diretor da FGV Management dos núcleos Brasília, Rio e São Paulo, Paulo Mattos de Lemos, comentou a importância da interação da FAB com a comunidade civil.

“Esse ciclo de palestras é muito importante porque ela traz muita informação que é necessário ser divulgado. Hoje nós tivemos uma informação muito grande sobre o programa espacial brasileiro, coisa que nós não conhecemos. É muito importante para a gente perceber a competência com que isso está sendo tratado, e isso nos dá um alento de crescimento no Brasil”, disse o diretor.

Veja a matéria em vídeo do evento.

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), unidade da Força Aérea Brasileira (FAB) localizada em São José dos Campos (SP), está com inscrições abertas para o Concurso Público de Provas e Títulos que vai selecionar profissionais para o cargo efetivo de Professor em diversas áreas. As inscrições podem ser realizadas até o dia 31 deste mês. Ao total, são 60 vagas.

O concurso será realizado em três etapas: prova escrita associada à formação geral e específica; prova de títulos e uma prova didática, que consistirá em uma aula teórica ministrada em nível de graduação.

A remuneração inicial será de acordo com a Tabela de Remuneração dos Servidores Públicos Federais, Carreira de Magistério Superior, Dedicação Exclusiva, para o cargo de Professor Adjunto A, composta pelo Vencimento Básico de R$ 4.455,22 e da Retribuição por Titulação de R$ 5.130,45 (título de doutor), e para o cargo de Professor Assistente A, composta pelo Vencimento Básico de R$ 4.455,22 e da Retribuição por Titulação de R$ 2.172,21 (título de mestre). Os valores estão em conformidade com as tabelas constantes na Lei nº 13.325, de 29 de julho de 2016, além das previstas na legislação.

ITA

O ITA é uma escola de engenharia vinculada ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) e desenvolve atividades com diversas empresas do setor e instituições de pesquisa de ponta. "Por meio de diversas cooperações nacionais e internacionais, procuramos professores interessados em trabalhar com alunos brilhantes, com foco em projetos estratégicos que farão diferença no desenvolvimento nacional. Tornar-se professor do ITA representa a oportunidade de se tornar protagonista da renovação do ensino de engenharia no Brasil", ressalta o reitor do ITA, professor Anderson Ribeiro Correia.

Confira aqui o edital.

Publicado em: 04/10/2017

Fonte: ITA/DCTA

Fim do conteúdo da página